quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Ecologia Divina



O profeta Joel revelou vários detalhes das ações do Senhor, no processo de cumprimento dos seus objetivos finais para com a criação e a humanidade. Uma das profecias prevê a reabilitação ecológica da criação. "Não temais, animais do campo, porque o arvorado dará o seu fruto, a vide e a figueira darão a sua força" (Joel 2:22).

Uma, dentre as várias conseqüências trágicas do passado, do distanciamento de Deus, da parte dos homens, foi a degradação do meio ambiente. A usura humana e as técnicas irresponsáveis de tratamento do solo, do ar e dos animais, têm causado a desertificação dos solos, o desmatamento e o desregramento das chuvas, o aquecimento exagerado da atmosfera. As conseqüências do pecado são cósmicas.

O Apóstolo Paulo ensina que a criação vem gemendo, esperando pela manifestação dos filhos de Deus. A ecologia não é mera política, mas uma responsabilidade dos cristãos. Respeitar a terra e os animais deve ser característica daqueles que aceitam a soberania de Deus.

Pr. Olavo Feijó

Um comentário:

Individualidade Coletiva disse...

Concordo. A culpa é do ser humano e somente dele. O CRIADOR virá cobrar no devido momento por todos os crimes contra sua criação.
Na paz.
Até mais.