segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Minerador diz que "O Pastor" foi fundamental para que ficassem unidos

Richard Villarroel, um dos mineradores resgatados da jazida San José, no norte do Chile, afirmou hoje que seu companheiro José Henríquez, "O Pastor", foi o homem-chave para que se mantivessem unidos.
"Foi o homem-chave que tivemos para nos unir todos os dias", disse Villarroel, de 26 anos, que tinha mentido para sua mãe dizendo que trabalhava como comerciante.
O minerador afirmou que "O Pastor" sempre tinha uma palavra de incentivo para que levantassem "o ânimo".
Villarroel, que se tornou o 28º trabalhador a ser resgatado, após seu companheiro, o ex-jogador Franklin Lobos, assegurou que o pior momento que viveram no interior da mina foi quando aconteceu o segundo desmoronamento.
Foi o "grande susto" gerado entre todos, enfatizou.
No dia 11 de agosto, enquanto os socorristas tentavam encontrar os operários, uma rocha de 700 mil toneladas caiu sobre a mina, o que obrigou as autoridades a suspenderem a tarefa de salvamento por alguns dias para tentar entrar por outro lado.
"Aí foi que nos assustamos de verdade, porque a jazida se fechou totalmente", ressaltou o trabalhador, que em novembro será pai de um menino que também se chamará Richard.
Reconheceu que nunca duvidaram que estavam buscando por eles, e assinalou: "Também buscamos por onde escapar, como subir pelas chaminés de ventilação, mas não haviam escadas, portanto descartamos".
"Pensei que não ia voltar para minha mulher, que não ia poder conhecer meu filho. É nesse momento que mais se pensa na família", enfatizou.

Notícias Cristãs com informações da agência EFE

Nenhum comentário: