quinta-feira, 26 de maio de 2016

Buscar em Deus a força pra continuar a caminhar....



Sei que muitas vezes sentimos desanimo, ou nos vemos perdidos mas nestas horas devemos buscar em Deus as forças necessárias para podermos continuar.
O lugar de onde saímos ja não existe mais, isto é um fato que devemos sempre nos lembrar. podemos rever nossos conceitos, voltar a tomar certas atitudes ou ate mesmo a seguir algumas correntes filosoficas ou religiosas... mas aquilo que passou nunca mais vai retornar.
Esta visão nos ajuda a não nos frustarmos e a entender que uma vez dado o primeiro passo não ah volta...
Lógico que existem situações em nossas vidas que podemos  concertar, podemos rever a rota, mas sempre em frente...
Buscando em Deus e no Santissimo Espirito Santo as forças para continuar.
Acredite Deus te ama, sempre te amou e sempre te amara...

sábado, 1 de março de 2014

Começar novamente...

Como podemos sempre recomeçar.
Como podemos voltar a caminhar...
Eu sempre me perguntei sobre isso, mesmo que este recomeço me leve ao mesmo caminho...
Eu não tenho medo de recomeçar,  de virar, mudar a rota, de me manter vivo...
Eu sei dos meus sonhos... e não vou desistir deles...
Eu ainda sonho com minha esposa, filhos, etc...
Vamos lá... recomeçar sem medo, sem pudores, sem compromisso com o erro...

domingo, 8 de maio de 2011

Estratégias para evangelizar - Evangelizar o que e estratégia de quem?

De repente entre nós batistas recebemos a todo instante convites para entregarmos dinheiro de alguma maneira para alguma instituição e quase sempre nestes folders, panfletos, cartazes existem duas palavras chaves para amolecer o coração das pessoas para que os bolsos possam ser abertos.
Ao que parece porque é o que transparece, o objetivo é exatamente este, arrecadar dinheiro.
Não importa se os convites trazem em si mentiras, modificações das Escrituras ou camuflagem de um falso evangelho. O que importa é que os batistas sempre gostaram muito de evangelizar e que sempre gostaram, também, de coisas complicadas, planos mirabolantes, estratégias complicadas.
Siim, porque as estratégias são complicadíssimas sempre. Dois exemplos bem recentes: Há pouco recebi via internet um convite da Junta de Ação Social da CBC para levar a igreja a participar da festa na Cidade Batista da Criança no dia 30 de abril e lá estavam as palavras chaves estratégia e evangelização. A estratégia é que será colocada uma grande roda gigante a funcionar na sexta, sábado e DOMINGO (sim, é verdade, no domingo, que ensinamos em nossos púlpitos, na EBD, que é o dia de descanço, o shabat dos cristãos, o dia do Senhor). Bom, é dito que com esta estratégia, a roda gigante funcionando inclusive no domingo, espera-se evangelizar crianças e famílias que estarão ali, pagando para se divertir. Os crentes vão se sentir à vontade por não estarem em suas igrejas, por não estarem participando de cultos e de evangelização nas igrejas, porque estarão "participando de uma grande estratégia de evangelização."
O outro exemplo. Esta semana recebi um folder da JMM, para ser divulgado na igreja, convidando pessoas a contribuirem mensalmente com quantias de R$ 20,00 a R$ 1.700,00 para que se forneça água potável, de boa qualidade para cidadãos chineses de uma província que tem 40 milhões de habitantes. R$ 1.700,00 por mês é para abrir um poço para a população. E lá estava a palavra estratégia e evangelismo. Dizem, na maior cara-de-pau, que estarão UTILIZANDO A MESMA ESTRATÉGIA DE JESUS COM A MULHER SAMARITANA QUANDO OFERECEU ÁGUA A ELA. Na realidade a estratégia é para tirar dinheiro do bolso de crentes sinceros e uma estratégia que chama os crentes batistas e pastores de ignorantes quanto à Bíblia e à vida de Jesus. Jesus não ofereceu água física à mulher samaritana, porém PEDIU.
A conclusão que tenho chegado é que estas estratégias nem são de instituições da CBB ou CBC, ou de qualquer outra CBEstadual, mas é uma grande estratégia de Satanás para levar cada vez mais pessoas para o inferno, para estarem com ele lá eternamente.
Por que penso assim? Porque tudo isto tem o jeitinho dele. É só nos lembrarmos de como ele levou Adão e Eva ao pecado e à morte. Ele, na sua estratégia, disse a Eva uma coisa que parecia muito boa, SER IGUAL A DEUS. Ele distorceu a Palavra de Deus. Ele desprezou o único mandamento que Deus havia deixado para a humanidade, não comer da árvore do conhecimento do bem e do mal.
Não é igualzinho? Guardar o dia do Senhor? Besteira, é por uma boa causa. Torcer o que está escrito no Evangelho de João a respeito da mulher samaritana e Jesus? Besteira, tem gente que nem acredita que o Evangelho de João é dele. Apresentar coisas atraentes para as pessoas para fazê-las buscar primeiro o bem estar material? Ah! Este é o meio de fazer com que deixem de olhar para o valor maior, a eternidade, e se fixem na agradabilidade de pequenas coisas, pequenos frutos, como uma garrafinha dágua mineral (melhor do que a salobre que tantos brasileiros bebem), ou passar um domingo girando em um roda gigante sem ir a lugar algum.

Caros irmãos e pastores. Resistam, lembrem-se sempre de que o evangelho é o evangelho da salvação e que a única estratéria que precisamos porque foi a deixada por Jesus é a que os de Jerusalém fizeram no início do cristianismo: ir por todo o mundo e anunciar o evangelho a todas as pessoas. O RESTO, É ESTRATÉGIA PARA TIRAR DINHEIRO DO BOLSO DOS CRENTES EM CRISTO.