segunda-feira, 27 de abril de 2009

Eu te sustento

Eu Te Sustento | Pr. Olavo Feijó

Isaías 41:10 - ¶ Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.

Através do Seu profeta Isaías, o Senhor garante: "Não temas, porque Eu sou contigo; Não te assombres, porque Eu sou Teu Deus; Eu te esforço e te ajudo e te sustento com a destra da Minha justiça" (Isaías 41:10).

Não existe nada de definitivo e te seguro, nas estruturas do nosso mundo. Grandes bancos vão à falência, ao mesmo tempo que alguém da nossa família fica desempregado. A onda de temor, de estresse e de enfermidade se agiganta até dentro de nossas igrejas. Neste contexto, muitos de nós nos perguntamos se a Bíblia pode permanecer relevante, para a nossa vida.

A promessa do Senhor, através de Isaías, começa com uma ordem - "não temas". E em tal ordem se baseia? Ela se baseia na afirmação categórica de que o Senhor nos sustenta. Ele está conosco. Ele nos esforça. Ele nos ajuda. E Ele faz tudo isso com o poder da Sua justiça. Evidentemente, se viver neste mundo fosse naturalmente um mar de rosas, a promessa do Senhor seria desnecessária. Neste mundo, razões não faltam para temer pelo nosso sustento. Viver pela fé é um desafio profundo, quando tudo vai mal. O desafio da fé é acreditar no Senhor, quando Ele garante: "Eu te sustento".

Deus não desiste de você

Pastor Ray Conceição

Lembra-te destas coisas, ó Jacó, sim, tu ó Israel; porque tu és meu servo! Eu te formei, meu servo és tu; ó Israel não te esquecerei de ti. (Isaias 44:21)

Queridos, ao escrever esta meditação hoje, meu desejo e oração é para que o Senhor fale profundamente à sua vida. Ele a tem posto em meu coração por diversos dias e creio fortemente que Ele quer falar de uma forma especial a alguém, que Ele quer mostrar mais uma vez o amor e cuidado dele, por isso, abra seu coração, peça ao Senhor para falar e acrescentar aquilo que em minhas limitaçoes serei incapaz de fazè-lo.

Na vida as ambiguidades, as circunstâncias sempre geram perplexidades, sempre trazem consigo sentimentos adversos, sempre trazem dúvidas, incertezas e muitas vezes um forte desejo de desistir. Eu já os tive diversas vezes, e creio que voce também!

Talvez você hoje, esteja de malas prontas, talvez você agora já concebeu que a saída é ir embora e que a esperança não existe. Talvez você esteja passando por um momento de afastamento de Deus, talvez voce tenha desistido do casamento e marcou hoje como o dia final. Talvez você tenha desistido de lutar pelos seus sonhos, pois só tem encontrado portas fechadas. Talvez você tenha desistido de prosseguir devido às vezes que você falhou ou no popular (pisou na bola). Tenho uma notícia para você; eu também piso na bola muitas vezes, eu também decepciono a Deus, vezes sem conta, e me parece que quanto mais quero fazer a vontade Dele mais erro o alvo, quanto mais quero andar limpinho, mais me sujo, quanto mais luto para ter pensamentos puros mais pensamentos negros me rondam. E se eu não cresse que Deus não desiste de mim, eu mesmo já tinha desistido.

Mas quando olho para as páginas da Bíblia vejo que Deus não desiste de nós. Por pior que tenha sido a nossa queda, por maior e magnifico e desonroso que tenha sido o nosso pisar na bola, ele não desiste de nós. Aleluias.

Ele não desiste de nós quer chova ou faça sol, quer estejamos alegres ou tristes, quer tenhamos dinheiro ou estejamos duros (no popular). Quer tenhamos vacilado feio ou estejamos a caminho do vacilo.

Nas páginas da Biblia encontramos a história de um homem que poderíamos chamar de caso sem conserto, sem solução, e quero que você possa dar uma mirada na vida dele, no Currículum Vitae dele, no caráter dele, nas inspirações dele e no desastre que foi a vida dele.

Eu estou falando do rei Manassés. Ele começou a reinar com doze anos, e reinou durante cinquenta e cinco anos, e foi um tremendo desastre. A trajetória de vida dele foi marcada por coisas que aborreciam a Deus, que causavam a ira do Senhor. Vejamos em 2 Cr 33.
1 - Ele fez tudo o que era mau diante do Senhor.
2 - Tudo que era abominavel ele fez.
3 - Tornou a edificar altares que seu pai destruira e que aborreciam a Deus, pois eram altares a ídolos.
4 - Edificou altares a ídolos dentro do templo, o que Deus tinha proibido.
5 - Fez imagens de todas as coisas que existem nos céus e as colocou dentro do templo.
6 - Ofereceu seus filhos em sacrifícios, queimando-os no fogo.
7 - Praticou feitiçaria, adivinhações e bruxarias.
8 - Consultou mediuns e adivinhos.
9 - Fez um grande ídolo e colocou no templo.
10 - Fez o povo se desviar dos caminhos do Senhor.
11 - Não deu ouvidos a voz de Deus.

Quantos de nós de alguma forma terminamos fazendo coisas semelhantes as que Manasses fez, porque afinal, não somos melhores do que ele em nada, somos até feitos da mesma massa, ou seja, barro!

Ele provocou a ira de Deus!
Deus ficou tão irado com ele que mandou seus inimigos capturarem ele. E eles assim fizeram, colocaram um gancho no nariz dele, colocaram algemas de bronze em suas mãos, e o arrastavam até a Babilônia ( o que representa o mundo).

Manassés é a figura, o tipo perfeito daqueles que não estão nem aí para o que Deus pensa. São do tipo eu quero ver a onda rolar, eu vou pra onde o vento me levar.

Na sua angústia e total desespero, numa terra que não era a sua, com uma consciência pesada, com imensos sentimentos de culpa, humana e psicologicamente destruído, ele reconhece que o Senhor é Deus e que brincar com ele, não é brincar com fogo, é muito pior que pular de cabeça numa fornalha sete vezes aquecida!

Manassés em meio ao seu desepero existêncial reconhece que a salvação só estava em Deus, mas o que fazer se ele tinha pisado feio, se ele tinha vacilado, se ele tinha dado de ombros para Deus?

Ele fez aquilo que mais toca o coração de Deus, no grego se chama metanóia; em inglês; to repent, em português: arrependimento. Sim, ele se arrependeu. Ele reconheceu que fez tudo errado. Mas não ficou só ai não, porque arrependimento é reconhecer que estava indo na direção errada, arrependimento é reconhecer que está indo contra o que Deus estipulou. É reconhecer que estava indo na contra mão da via expressa de Deus.

Ele se arrependeu e nos versículos 12, e 13 a Bíblia nos diz que na sua angústia ele:
a - Suplicou ao Senhor;
b - Humilhou-se muito diante de Deus;
c - Fez oração ao Senhor.
d - E reconheceu que só o Senhor é Deus.

E Deus ao ver que ele se arrependeu e que se humilhou, mudou de ideia com relação a ele, e o livrou de seus inimigos e o fez voltar para a sua terra, e devolveu-lhe o reino.

Em resposta, Manassés mudou de vida, se consertou, retirou os altares do templo, destruiu o ídolo que tinha mandado fazer, reparou o altar do Senhor, e ofereceu sacrifícios e ofertas pacíficas ao Senhor e de ações de graças, e convocou o povo a servir ao Senhor somente.

Querido, talvez hoje, você ache que Deus se esqueceu de você, e você está querendo desistir, debandar,deixar tudo para trás.

Provavelmente achando que por causa de suas ações Deus jamais vai lhe perdoar, que você perdeu a salvação e que não há mais esperanças. Se isso acontece hoje com você, seja qual for o motivo, lembre-se:

1 - Deus ama você com amor incondicional.

Talvez ninguém, perdoasse você pelo que fez. Talvez os pais não, talvez a esposa, não, o marido, não. Talvez o patrão, jamais! Talvez humanamente falando não haja perdão, mas se você se voltar para Deus como fez Manassés,

Ele, o Senhor lhe ama, e ama muito e vai perdoar, e vai dar outra chance para você recomeçar.

Se você caiu, peça perdão, levante-se, e siga em frente consciente de que Deus lhe ama e com amor incondicional.

"Quem é Deus [semelhante] a ti, que perdoas a iniqüidade, e que te esqueces da transgressão do resto da tua herança? O Senhor não retém a sua ira para sempre, porque ele se deleita na benignidade". (Miqueias 7:18)

2 - Deus não desiste de você.

Na vida muitas vezes pessoas desistem delas mesmas. Atiram -se ao mar, ou de um edifício. Outras dão um tiro no ouvido... etc. algumas tomam remédios para suicidarem-se.

Mas nosso Deus não desiste de você, não desiste de mim, assim como ele não desistiu de Manassés, e hoje, agora ele está de braços abertos esperando seu retorno, esperando seu arrependimento, esperando que você dê a Ele a chance de demonstrar quanto lhe ama, e passar uma borracha no seu passado, seja ele quinze minutos atrás ou quinze dias.

Deus não desiste de você, ainda que seu esposo(a) tenha feito. Deus não desiste de você, ainda que seus pais tenham desistido. Deus não desiste de você ainda que aqueles que você mais esperava que não fizessem, o fizeram. Minha mensagem para você hoje é que: Deus não desiste de você, Deus não desiste de você, Deus não desiste de você, DEUS NÃO DESISTE DE VOCÊ. Aleluias e nem de mim!

Ele não desistiu de Pedro quando negou Jesus por três vezes. Ele não desistiu dos discípulos quando amedrontados fugiram e voltaram a sua vida normal. Ele não desiste de você,por mais que você queira se convencer que não há jeito.
Então, querido(a), seja o que for que você está vivendo hoje, seja o que for que tenha acontecido, pense: Se Deus não desiste de você seria sábio você desistir de si mesmo(a)?

Quando penso que Deus não desiste de mim, encontro forças para viver, para lutar, para seguir em frente, e para voltar a sonhar. Quando penso que Deus não desiste de mim apesar de mim, me torno um gigante em fé e determinação.

Quando penso que Deus não desiste de mim eu passo a vislumbrar um final feliz para a minha história.

Manassés teve a outra chance dele, teve um final abençoado e você também pode ter, Deus deseja isso para você. Eu sempre gosto de dizer que, o que mais conta não é como começa, mas como termina. O que mais conta não é como estou, mas como estarei. O que mais conta não é somente quem sou, mas quem serei!

E eu tenho promessas na Bíblia que um futuro glorioso espera por aqueles que se voltam para Deus. Temos promessas na Biblia que seremos semelhantes a Cristo, sem pecado, com um corpo glorioso, que reinaremos com Cristo, tudo porque Deus não desiste de nós, e ai de nós se Ele desistisse!

Davi, o rei de Israel, também vacilou, também errou, ele que tinha uma vida abençoada, de repente começou a pisar na bola e entrar na lama.

Adulterou, tramou e levou a cabo a morte de um de seus melhores soldados. Davi mentiu para salvar a pele, Davi fez coisas que talvez ninguém mais desse crédito a ele, mas ele se arrependeu, ele reconheceu que com Deus estava o perdão, ele percebeu que os seus erros e pecados não poderiam ser maiores do que o perdão e misericórdia de Deus. Ele sentiu que Deus não abria mão, não desistia dele e ai, voltou-se para Deus, foi perdoado, teve outra chance e teve toda a vida mudada. Nos Salmos lemos da sua vida, dos seus momentos dificeis, mas também de como Davi teve um final feliz e como sua história ainda hoje serve para abençoar muitas pessoas.

Deus quer mudar sua história de vida, Deus quer intervir em sua jornada existencial dando-lhe uma outra chance, dando-lhe um glorioso futuro. Não desista! Não retroceda, não deixe de acreditar no amor que Deus tem por você.

Queridos, hoje, se algum mau pensamento, se alguma ação ruim, se algumas palavras mal-ditas, se a perda da paciência, se uma explosão de gênio, se um mal-entendido afastou você de Deus, se alguns atos comprometeram seu futuro com o Senhor, não desista de Deus, não desista do amor dele, não desista de você, porque Ele, jamais desistirá de você e ele, hoje, oferece a oportunidade de você se voltar para ele, de ter uma nova chance de começar de novo com ficha limpa e perdoado. De página virada de um futuro abençoado.

Em sua palavra ele nos diz: "Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor: ainda que os vossos pecados são como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que são vermelhos como o carmesim, tornar-se-ão como a lã". (Isaias 1:18)

Lembre-se: Seus erros, seus enganos, não são maiores que o perdão e o amor de Deus. Não existe circunstância ou situação que Deus não possa reverter.
Que ele nos abençoe e nos conceda uma semana cheia de alegrias e vitorias.

Nos ternos laços feitos no Calvário.

sábado, 25 de abril de 2009

Deus esta sempre comigo


"Nunca tirou de diante do povo a coluna de nuvem, de dia, nem a coluna de fogo, de noite" - Êxodo 13:22.


por Vilson Ferro Martins - www.vozdotrono.com.br

"NUNCA" - Advérbio de tempo com sinônimos: "em tempo algum", "jamais"!

Portanto, JAMAIS o "Senhor" tirou de diante do "povo" a coluna de nuvem, de dia, nem a coluna de fogo, de noite ! Aleluia !

Quando falamos, ou melhor, usamos a expressão: "de dia e de noite" não recordamo-nos do Salmo 121 ? "O sol não te molestará de dia nem a lua de noite". Pelo menos eu faço essa conexão !

Agora, façamos uma análise do povo, da perspectiva e anseios desse povo e do local onde eles peregrinaram por longo 40 anos.

Comecemos pelo local: O deserto !

Segundo as pessoas que já passaram pelo deserto, durante o dia é um sol escaldante e durante a noite, um frio terrível. Se não houver provisão e proteção adequadas, as pessoas certamente perecem, ou vítimas do sol durante o dia, ou do frio durante a noite. Aliás, já lhe ocorreu porque o salmista usou "sol" durante o dia e "lua" durante a noite, ao invés de "calor" e "frio" ? O motivo é que o sol preside ou governa o dia; e a lua governa a noite. Creio que de fato ele estava dizendo que independente do que ocorra debaixo do governo do sol (durante o dia) ou o que venha ocorrer debaixo da lua (durante a noite) o Senhor será sempre o Guarda (a proteção) que jamais dorme ou tosqueneja para aqueles que esperam nEle o socorro. Aleluia !

Quais eram as perspectivas e anseios do povo ?

Povo de dura cerviz, murmuradores, encrenqueiros, irritadiços, inclinados a natureza pecaminosa...desejavam apenas as bênçãos do Senhor sem pagar o devido preço. Eram questionadores e acusadores do seu líder. Um povo descontente e desobediente. Muito embora vendo milagres a olhos vivos a ponto de pedir que Moisés intermediasse a conversa com Deus, mas a menor decepção, já se lançavam a idolatria...Portanto, um povo de coração obstinado.

É certo que Deus os tratou e alguns até de modo particular. Essa é uma verdade inegável e não deve ser esquecida, TODAVIA...mesmo o povo sendo tudo o que descrevemos acima (e outras coisas mais) o Senhor NUNCA, JAMAIS tirou diante DELES (do povo) a coluna de nuvem de dia, nem a coluna de fogo, de noite, ou seja, NUNCA o Senhor se apartou deles. Nunca ! Depois que chegaram a terra, a presença do Senhor se evidenciou no templo, portanto, a presença de Deus sempre se fez presente aos Seus.

Essa é a realidade que continua para os filhos da promessa. Passamos sim por desertos, vales, caminhos hostis...podemos não entender nada, mas o Senhor não se apartou, fugiu ou se escondeu. Aqueles homens, mulheres e crianças não precisavam entender COMO a coluna de nuvem climatizava o dia e a coluna de fogo iluminava e climatizava a noite. Eles só precisavam desfrutar do fenômeno. Muitos nem mereciam estar ali e desfrutar daquele especial carinho de Deus, mas simplesmente aproveitavam.

Portanto, aproveite !

Creia que a nuvem da glória do Senhor e a nuvem de fogo está sobre ti para climatizar o "seu" deserto, tornando-o hospitaleiro até que chegue o momento de entrar na sua terra prometida.

Amém !